Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Furacão Irma cancela mais de 2200 voos nos EUA e 23 no Brasil

Companhias aéreas oferecem opções para que passageiros não saiam no prejuízo

O Furacão Irma ainda não chegou aos Estados Unidos, mas já está causando problemas para os viajantes que tinham passagens para os próximos dias. Após atravessar as Ilhas do Caribe, o furacão está em Porto Rico – mais da metade do país está sem energia elétrica.

A tempestade forçou o cancelamento de 2200 voos da American Airlines, segundo comunicado da empresa. As operações em Miami, Fort Lauderdale, Fort Myers, Orlando, West Palm Beach e outros aeroportos serão canceladas durante todo o fim de semana. Os voos que iriam partir da América do Sul e Europa também foram cancelados.

Ainda nos Estados Unidos, a Delta Airlines não informou quantos voos foram cancelados, mas afirmou que as operações serão suspensas durante o fim de semana.

Somente nesta quinta-feira foram 1020 cancelamentos, de acordo com o site FlightAware, que rastreia voos em tempo real.

No Brasil, ao menos 23 voos foram afetados pelo Furacão Irma. A Gol cancelou ontem à noite um voo que sairia do aeroporto de Guarulhos com destino a Punta Cana. O voo previsto para hoje às 23h40 está confirmado, juntamente com um embarque extra, que levará os passageiros que não puderam viajar ontem.

A Azul cancelou os cinco voos do aeroporto de Viracopos para a Flórida programados para sair nos dias 8 e 9. O voo previsto para sair da Flórida em direção ao Brasil no dia 10 também foi cancelado.

A Latam cancelou 12 voos que tinham como origem ou destino a cidade de Miami programados para os dias 8 e 9 de setembro.

A Avianca informou que dois voos para Miami foram cancelados em razão da passagem do Furacão Irma. As viagens atingidas seriam nos dias 9 e 10.

Até o momento, a American Airlines cancelou três voos com destino a Miami, de acordo com o status de voo do aeroporto de Guarulhos.

Confira a seguir as opções de cancelamento ou remarcação de voos oferecidas pelas companhias aéreas:

Latam

A Latam informa que clientes com voos agendados para Punta Cana, Havana, Miami ou Orlando até o dia 11 poderão reprogramar a viagem sem custos adicionais.

Para alterar a data do voo em até 15 dias, sem multa ou diferenças tarifárias, os passageiros da Latam devem acessar o site da empresa ou ligar para os telefones 4002-5700 (capitais) e 0300 570 5700 (todo o Brasil).

Azul

Segundo a Azul, clientes com viagens entre os dias 8 e 10 podem alterar a data na central de reservas sem custo adicional. Ainda de acordo com a empresa, todos os passageiros irão receber assistência e serão reacomodados em outros voos.

Gol

A Gol informou que acomodará os clientes impactados pelo cancelamento do voo a Punta Cana em um voo extra nesta quinta-feira às 23h40.

Para confirmar o voo, é necessário entrar em contato pela Central de Relacionamento com o Cliente: 0300 115 2121. Também é possível receber atendimento pelo site neste link. O novo voo não acarreta custos adicionais aos passageiros.

Avianca

A Avianca informou que passageiros que tinham voos com origem ou destino na cidade de Miami podem alterar ou cancelar suas reservas. A regra vale para as passagens com data entre os dias 6 e 10 de setembro.

A empresa afirmou que não irá cobrar taxas adicionais para os clientes. Se preferir, o passageiro pode solicitar o reembolso.

Para realizar o procedimento, é preciso entrar em contato com a Central de Vendas da companhia, pelos telefones: 4004-4040 (São Paulo e principais capitais) ou 0300-789-8160 (demais localidades).

American Airlines

Na American Airlines, a remarcação sem custo adicional vale para voos marcados entre os dias 5 e 12. Outras informações podem ser adquiridas no comunicado da empresa.

Delta Airlines

Passageiros da Delta com voos entre os dias 6 e 17 para a Flórida podem remarcar a passagem sem taxa adicional até 30 de setembro. Mais informações neste link.