Fundos têm captação recorde em março e superam R$ 2 tri

A captação líquida de 41,3 bilhões de reais em março representa um recorde mensal da série histórica da Anbima

Por Da Redação - 9 abr 2012, 16h04

A captação líquida dos fundos de investimento no Brasil atingiu 41,3 bilhões de reais em março, o que representou um recorde mensal da série histórica, informou nesta segunda-feira a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima).

O patrimônio da indústria superou 2 trilhões de reais em março, conforme comunicado divulgado para a imprensa. O setor mais do que dobrou de tamanho em menos de cinco anos, já que o valor de 1 trilhão de reais havia sido atingido em maio de 2007, segundo a Anbima.

Leia mais:

Fundos para pequeno investidor rendem abaixo da inflação

Publicidade

Confira a rentabilidade dos fundos para o pequeno investidor em 2012

Inflação alta e juros em queda exigem cuidados na hora de investir

‘Governo quer que a indústria sobreviva’, diz Mantega

Em março, houve captação líquida de 21,8 bilhões de reais em fundo da categoria Referenciado DI. De acordo com a entidade, o dado “representa uma movimentação específica que não deve ser associada a uma tendência de mercado, sobretudo em um ambiente de queda da taxa de juros”.

Publicidade

A Anbima mencionou ainda a entrada líquida de 11,8 bilhões de reais pela categoria Multimercados, o melhor resultado mensal desde setembro de 2010.

(com Reuters)

Publicidade