Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Fundação Bertelsmann criará modelo alternativo a agências de classificação

Por Da Redação 9 dez 2011, 14h36

Berlim, 9 dez (EFE).- A Fundação Bertelsmann quer criar um modelo alternativo às atuais agências de classificação de risco e pediu a um grupo internacional de especialistas que elabore propostas durante os próximos meses.

A Fundação anunciou nesta sexta-feira que pretende criar uma agência sem fins lucrativos que se concentre exclusivamente na classificação de estados.

‘A crise do euro mostrou que as agências de classificação de risco que existem têm um déficit de aceitação’, explicou Günther Thielen, membro da junta diretora da Fundação.

Segundo Thielen, as agências precisam de legitimidade e transparência e seus critérios para avaliação de países são muito estreitos.

Uma primeira proposta concreta deverá ser apresentada em Washington em 2012.

A diretora do projeto, Sabine Donner, indicou que para a elaboração da proposta a fundação recorrerá também a assessores externos na Europa e nos Estados Unidos.

Os critérios para a classificação de estados, de acordo com Thielen, ‘não devem apenas refletir a realidade da política econômica e financeira’ de um país, mas também considerar a governabilidade e a capacidade de dar continuidade aos processos de reforma. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade