Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funcionários e companhias aéreas não chegam a acordo no TST

BRASÍLIA, 19 Dez – A reunião de conciliação do Tribunal Superior do Trabalho (TST) desta segunda-feira com representantes das empresas aéreas e de seus funcionários terminou sem acordo. Desta forma, os aeroviários e aeronautas mantêm a ameaça de iniciar uma greve a partir das 23 horas de 22 de dezembro, informou a assessoria de imprensa do TST.

Os sindicatos se comprometeram a manter 20 por cento da categoria trabalhando durante a greve, segundo o twitter oficial do TST. Ainda segundo o tribunal, os funcionários das aéreas reivindicam reajuste de 10 por cento.

A ministra do TST Dora Maria da Costa foi eleita relatora do dissídio dos aeroviários e aeronautas.

(Reportagem de Leonardo Goy)