Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Funcef deve elevar participação em Belo Monte para 10%

Fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF) também quer aumentar os investimentos no setor imobiliário

A Funcef, fundo de pensão dos funcionários da Caixa Econômica Federal (CEF), deverá aumentar a participação na Norte Energia – empresa responsável pela hidrelétrica Belo Monte (PA) – para 10%, com aquisição de uma fatia de 3,75% que atualmente pertence à Engevix.

Os diretores da Funcef aprovaram a incorporação dessa fatia em reunião realizada no fim de agosto, mas a aquisição ainda tem de ser aprovada em reunião do conselho deliberativo marcada para 26 de setembro. A Engevix não quis comentar o assunto.

A usina Belo Monte está sendo construída no rio Xingu e terá 11,2 mil megawatts (MW) de potência quando estiver concluída. A entrada em operação é esperada para 2015.

Entre os acionistas da Norte Energia estão Eletrobras e suas subsidiárias, além de Neoenergia, Cemig e Light. A Funcef informou que já investiu 300 milhões de reais na usina.

Investimento imobiliário – Nesta terça-feira, a Funcef defendeu o aumento do limite de investimento que os fundos de pensão podem fazer em imóveis. Regra do Conselho Monetário Nacional (CMN) de 2009 fixou em até 8% o total de ativos que as fundações podem deter em imóveis. A Funcef já está perto desse limite, com 7,44% dos seus investimentos aplicados em imóveis, como shoppings, agências alugadas para a Caixa Econômica Federal e hotéis.

Segundo o secretário-geral da Fundo, Geraldo Aparecido da Silva, os investimentos em imóveis são os que estão garantindo maior rentabilidade. Em 2011, o ganho foi de 24,46%.

A Funcef estuda criar um fundo de imóveis, que seria integralizado com os imóveis que hoje estão alugados para a Caixa. Esse fundo, que não entraria no limite de investimento em imóveis previsto pelo CMN, seria administrado por um gestor. Ele daria mais folga para a Funcef aumentar seus investimentos em imóveis.

Leia mais:

Caixa planeja aumentar seu capital em 2012

(com Reuters e Agência Estado)