Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

França e Alemanha devem emitir bônus na zona do euro

Por Álvaro Campos

Paris – A vice-presidente da Comissão Europeia, Viviane Reding, afirmou hoje que a França e a Alemanha devem começar a emitir bônus da zona do euro (eurobônus) imediatamente. Segundo ela, as principais economias do bloco deveriam criar um mercado de bônus triplo A grande, para competir em tamanho e liquidez com os Treasuries dos EUA.

“Eu fiz uma proposta, para que a França e a Alemanha fundam suas emissões de bônus. Elas seriam acompanhadas por outros países com rating triplo A”, disse Reding em uma entrevista para a rádio francesa France Info. “Nós finalmente poderíamos competir com o mercado de bônus dos EUA, que não é fragmentado, é um mercado único, com um alto nível de liquidez”.

Segundo Reding, França e Alemanha seriam acompanhadas posteriormente por Áustria, Finlândia, Luxemburgo e Holanda, os outros quatro países do bloco com rating triplo A. Mas a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, já afirmou várias vezes que é contra eurobônus. Ontem ela disse que a criação desses títulos seria “absolutamente errada”. Na França, a ministra de Orçamento, Valerie Pecresse, disse essa semana que para a emissão de um eurobônus é necessário antes que todos os membros do bloco reequilibrem suas finanças públicas e adotem legislações que obriguem um alto nível de responsabilidade fiscal.

Mais cedo hoje, o ministro de Finanças da Bélgica, Didier Reynders, afirmou que a questão dos eurobônus provavelmente será discutida neste fim de semana. Os ministros de Finanças da União Europeia estão reunidos em Wroclaw, na Polônia. As informações são da Dow Jones.