Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Focus: Mercado financeiro prevê alta nos juros e nos preços

Analistas estimam que a Selic passará dos atuais 7% para 8% no próximo ano e que a inflação acelere em 2018 e 2019 em relação ao ano passado

Os analistas do mercado financeiro estimam que a taxa básica de juros – a Selic – vai aumentar em 2019, chegando a 8% ao final do período, segundo o Boletim Focus divulgado nesta segunda-feira. É o primeiro documento divulgado pelo Banco Central com as previsões para o próximo ano.

Para 2018, a previsão é de que a Selic chegue em dezembro a 6,75%. A taxa atual é de 7%, o nível mais baixo da história, e a primeira reunião do Copom sobre o tema está marcada para fevereiro. A taxa de juros básica é usada como referência no mercado financeiro e influencia em juros bancários e no rendimento de investimentos, como os títulos do Tesouro.

Em relação à inflação, a estimativa é de que o IPCA encerre o ano em 3,95% – o centro meta estipulada pelo governo em 2018 é de 4,50%. Para 2019, a previsão é de que o índice chegue a dezembro em 4,25%, coincidente com o centro da meta para o período.

Em ambos os casos, o patamar previsto é maior do que o observado neste ano, quando o IPCA teve alta de 2,95% em 12 meses – abaixo do limite mínimo de 3% estipulado para 2017.

Os economistas subiram a estimativa do PIB deste ano de 2,69% para 2,70%. Para o ano que vem, as análises apontam alta de 2,80% na produção do país. O resultado do PIB de 2017 será divulgado em março pelo IBGE.