Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FMI reafirma seu apoio à Grécia após artigo sobre retirada de ajuda

Washington, 23 jul (EFE).- O Fundo Monetário Internacional (FMI) reafirmou seu compromisso de apoiar a economia grega e desmentiu um artigo publicado na revista alemã ‘Der Spiegel’ que afirmava que a instituição não iria mais enviar ajuda para o país.

‘O FMI está apoiando à Grécia para superar suas dificuldades econômicas. Uma missão começará as discussões com as autoridades do país em 24 de julho sobre como encaminhar de novo o programa econômico grego, que o FMI apoia com assistência financeira’, disse o organismo em um breve comunicado.

A revista afirmou no domingo que o FMI interromperia sua ajuda a Grécia, o que levaria o país a não conseguir cumprir suas obrigações a partir de setembro.

De acordo com a publicação, o FMI advertiu à cúpula da UE de que sua paciência com a Grécia se esgotou e que portanto não realizaria novas contribuições.

Em Bruxelas, sede da UE, admite-se há muito tempo abertamente que o programa de ajustes e reformas da Grécia saiu dos trilhos, uma avaliação que provavelmente será confirmada pela troika, que nesta semana retorna para Atenas para avaliar a situação do país.

Segundo a ‘Der Spiegel’, apesar da ajuda financeira da troika, o FMI considera que Atenas não está em condições de cumprir com suas obrigações e diminuir sua dívida para 120% de seu Produto Interno Bruto (PIB) até 2020.

Fato que significaria o envio de entre 10 bilhões a 50 bilhões de euros adicionais para a Grécia, um valor que o FMI não estaria disposto a disponibilizar, segundo a ‘Der Spiegel’. EFE