Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

FMI manterá em zero ou perto de zero taxas de juros a países pobres

Por Gerard Julien 21 set 2011, 10h54

A diretora-gerente do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, afirmou nesta quarta-feira que a instituição manterá em 2012 “em zero ou perto de zero” as taxas de juros de seus empréstimos aos Estados membros mais pobres.

O Fundo havia decidido em julho de 2009, e pela primeira vez em sua história, anular até o fim de 2011 os juros devidos pelos Estados membros mais pobres, ou seja, uns 80 deles.

O FMI está “mantendo estas taxas em zero ou perto de zero no próximo ano”, indicou Lagarde durante um discurso na sede da instituição em Washington.

O conselho de administração deve decidir antes do fim do ano se prolonga esta disposição em 2012.

A direção do organismo internacional não deu até agora nenhum sinal sobre o que recomendará, e os Estados membro representados neste conselho não se manifestaram sobre o tema.

“Todos nós devemos cumprir com nosso papel. E se o fizermos, acredito que os países de baixos rendimentos estarão em condições de superar esta nova fase da crise”, afirmou Lagarde.

Continua após a publicidade
Publicidade