Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FMI emprestará 1 bilhão de euros ao Chipre

Dinheiro faz parte do plano de resgate de € 10 bilhões fechado com seus credores na terça-feira

O Fundo Monetário Internacional (FMI) emprestará um bilhão de euros ao Chipre como parte do plano de resgate de 10 bilhões de euros acordado pela União Europeia com as autoridades da ilha, anunciou nesta quarta-feira a diretora geral da instituição, Christine Lagarde.

O acordo de empréstimo “será submetido ao conselho de administração para ser aprovado no início de maio”, informa Lagarde em um comunicado. A ilha acordou na terça-feira os detalhes do plano de resgate e as ações que devem ser feita em troca do montando.

À beira da falência, Chipre pré-acordou com seus credores (a troika, formado por FMI, Banco Central Europeu e Comissão Europeia), em 25 de março, um resgate internacional de 10 bilhões de euros do FMI, União Europeia e Banco Central Europeu, em troca de uma série de drásticas condições, incluindo a reestruturação do sistema bancário.

O país determinou, então, que parte dos depósitos bancários acima de 100 mil euros seriam confiscados e seria feita uma reestruturação do sistema bancário com a liquidação do Laiki Bank, a segunda maior instituição financeiro do país, além de outras medidas para levantar os 5,8 bilhões de euros de moeda de troca pela ajuda internacional.

Leia mais:

Em meio a investigações, ministro de Finanças do Chipre renuncia

Rússia não ajudará depositantes no Chipre, diz ministro