Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FMI corta previsão de crescimento mundial por pressão da Europa

WASHINGTON, 24 Jan (Reuters) – A crise de dívida da zona do euro está aumentando e pressionando a economia global, informou o Fundo Monetário Internacional (FMI) nesta terça-feira, cortando fortemente sua previsões para o crescimento global e pedindo políticas para restaurar a confiança.

O FMI reduziu de 4 para 3,3 por cento sua projeção para o crescimento econômico global em 2012, argumentando que as perspectivas pioraram na maioria das regiões. Para 2013, o Fundo estima que a expansão se fortaleça para 3,9 por cento.

O credor internacional informou que a atividade econômica está desacelerando, mas sem colapsar. Mesmo assim, o FMI advertiu que o avanço do crescimento mundial ficaria cerca de 2 pontos percentuais abaixo da já baixa previsão se os líderes europeus permitirem que a crise se aprofunde.

Pela primeira vez desde a erupção de crise de dívida, há dois anos, o FMI informou que as 17 nações da zona do euro devem entrar em uma leve recessão em 2012, com uma contração de cerca de 0,5 por cento.

(Por Lesley Wroughton)