Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Fluxo cambial acumula saldo negativo de US$ 4,724 bilhões em outubro

Este é o quarto mês seguido em que as saídas de dólares superam as entradas da moeda do país

Por Da Redação - 30 out 2013, 12h39

O fluxo cambial brasileiro, entrada e saída de dólares do país, ficou negativo em 4,724 bilhões de dólares em outubro até o dia 25, informou o Banco Central nesta quarta-feira. Este é o quinto mês consecutivo em que as saídas de dólar superam as entradas. Desde o início do ano, o fluxo só foi positivo nos meses de março (391 milhões de dólares), abril (3,515 bilhões de dólares) e maio (10,755 bilhões de dólares). Em todos os outros, a conta fechou no vermelho, com a maior saída verificada em agosto (5,850 bilhões de dólares) e a menor, em fevereiro (105 milhões de dólares).

O saldo negativo foi de 244 milhões de dólares apenas na semana passada, acelerando o ritmo em comparação ao déficit visto entre os dias 14 e 18 passados, de 140 milhões de dólares.

Leia também:

Fluxo cambial fica negativo em US$ 2,058 bi em setembro

Publicidade

Após Copom, dólar cai ao menor nível em quase 4 meses

Entre os dias 21 e 25 passados, a conta financeira – por onde passam os investimentos estrangeiros diretos e em portfólio, entre outros – ficou positiva em 244 milhões de dólares, dos quais em apenas um dia (24) houve entrada de 1,263 bilhão de dólares. Na semana anterior, a conta financeira havia ficado negativa em 1,234 bilhão de dólares. No acumulado do mês, ela registra saída líquida de 2,838 bilhões de dólares.

Já a conta comercial registrou déficit de 488 milhões de dólares na semana passada, fazendo o saldo negativo no mês ficar em 1,886 milhão de dólares. No ano, a conta financeira acumula déficit de 12,502 bilhões de dólares e a conta comercial, superávit de 7,957 bilhões de dólares.

(com agência Reuters)

Publicidade