Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fitch reduz nota de cinco países europeus, incluindo Itália e Espanha

A agência de classificação de risco Fitch reduziu nesta sexta-feira a nota da dívida soberana de cinco países da Zona Euro, entre eles Itália e Espanha.

A classificação da Itália foi rebaixada dois graus, para “A-“, a da Espanha caiu duas posições, para “A”, a nota da Bélgica perdeu um grau, a “AA”, a classificação da Eslovênia perdeu dois, em “A”, e a nota do Chipre foi estabelecida em “BBB-“.

A Fitch já tinha reduzido a revisão das classificações desses cinco países, além da nota da Irlanda, que foi confirmada a “BBB+”.

Cada uma dessas classificações é acompanhada de uma “perspectiva negativa”, o que significa que a Fitch considera a possibilidade de rebaixá-las ainda mais.

Em um comunicado, a agência argumentou “a forte deterioração das perspectivas econômicas”, no momento em que cada vez mais economistas apostam em um 2012 de recessão ou de, pelo menos, estagnação.

No entanto, “do ponto de vista da Fitch, a crise da Zona Euro não será resolvida a menos que haja uma reativação econômica generalizada. É evidente que são necessárias novas reformas substanciais para assegurar a estabilidade econômica e financeira, incluindo uma integração orçamentária maior”, acrescentou a agência.

A possibilidade de “um ‘desmoronamento’ da Zona Euro não pode ser totalmente descartada”, segundo a Fitch, embora a agência tenha saudado os progressos feitos no bloco e se diz convencida de que “os dirigentes europeus farão com que estes esforços deem frutos durante a cúpula” da União Europeia em 30 de janeiro.