Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fitch reduz a nota do Chipre à ‘BB+’

A agência de classificação financeira Fitch reduziu a nota do Chipre de “BBB-” à “BB+”, categoria de ações duvidosas, devido aos temores crescentes sobre a situação de seu sistema bancário.

A Fitch se somou assim à Standard and Poor’s, que já havia feito a redução em janeiro, e à Moody’s, que reduziu a nota da ilha mediterrânea em 13 de junho. A perspectiva da nota é negativa.

“A redução da nota soberana de Chipre reflete um aumento material de necessidades em capital que necessitarão os bancos do país com relação a estimativa anterior” de janeiro, justifica a Fitch em um comunicado.

Segundo a agência, os três principais bancos do país – que é parte da zona do euro e assume a presidência semestral da União Europeia em 1º de julho – estão muito expostos à crise da dívida grega. Trata-se do Bank of Cyprus, Cyprus Popular Bank (CPB) e Hellenic Bank.

Além dos 1,8 bilhões de euros necessários para a recapitalização do CPB, a Fitch estima que as necessidades totais dos bancos do país poderiam elevar-se a 4 bilhões de euros, 23% do Produto Interno Bruto (PIB) do país.