Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fitch atribui rating de “calote provável” à Argentina

Agência de classificação de risco baixou a nota do país de B para CC

A agência de classificação de risco de crédito Fitch cortou o rating da Argentina de B para CC por considerar que o risco de calote é “provável”. A perspectiva – expectativa para as próximas avaliações – é negativa.

O rating soberano argentino, já considerado “grau especulativo” pela Fitch – o que significa que o título do país não é considerado um investimento seguro – antes do rebaixamento desta terça-feira, foi colocado em revisão no mês passado por causa da crescente incerteza com relação à capacidade de o país pagar sua dívida externa.

A Fitch considera que há uma probabilidade cada vez maior de a Argentina não honrar sua dívida reestruturada por consequência da decisão de um juiz federal norte-americano que proibiu o Tesouro argentino de pagar investidores que participaram de um swap da dívida a não ser que sejam pagos também os investidores que não aceitaram a troca, e que exigem o pagamento integral dos títulos.

Leia mais:

Argentina pode estar próxima de uma nova moratória

Cristina Kirchner quer discutir dívida com países da Unasul

(com Estadão Conteúdo)