Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FGTS: Pagamento de conta inativa será automático para 2,3 mi

Trabalhadores nascidos entre março e maio podem resgatar o benefício a partir de sábado

A Caixa Econômica Federal antecipou para sábado o pagamento da segunda fase das contas inativas do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). O pagamento estava previsto anteriormente para começar na segunda-feira para os nascidos em março, abril e maio.

Dos 7,7 milhões de beneficiários com direito ao saque das contas inativas nesta segunda etapa, 2,3 milhões vão receber por depósito em conta. São as pessoas que têm conta-poupança na Caixa.

Com a liberação da segunda fase, a Caixa estima que 11,2 bilhões de reais sejam injetados na economia – valor equivalente a 26% do total disponível para o saque de todas as contas inativas. Na primeira fase, a soma do dinheiro sacado foi de cerca de 5,9 bilhões de reais.

Para realizar o pagamento, 2.100 agências ficarão abertas no sábado, das 9h às 15h. Para saber quais agências ficarão abertas, basta consultar a lista de endereços no site da Caixa, selecionando a cidade.

Além de pagamento, as agências também ficarão abertas para tirar dúvidas, emitir senha do Cartão Cidadão e regularizar cadastros. Para ter acesso a esses serviços não é necessário estar dentro do calendário do mês de abril

Pagamento 

Clientes da Caixa que possuem apenas conta-corrente, podem solicitar depósito automático pelo site do banco ou através do canal de atendimento 0800 726 2017 ou 0207.

Caso o trabalhador com conta-poupança não tenha interesse no depósito automático, ele deve indicar essa opção no site da instituição.

Quem pode sacar

Os trabalhadores com direito ao saque são aqueles que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até 31 de dezembro de 2015.

Valores de até 1.500 reais podem ser sacados no autoatendimento, somente com a senha do Cidadão. Saques de até 3.000 reais podem ser realizados com o Cartão do Cidadão e senha no autoatendimento, lotéricas e correspondentes Caixa. Valores acima de 3.000 reais devem ser sacados nas agências bancárias.

A Caixa orienta que os trabalhadores devem ter em mãos documento de identificação e Carteira de Trabalho.