Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Feriado bancário na Grécia surpreende aposentados, que não conseguem sacar benefício

Esta segunda-feira seria o dia em que, em tese, os aposentados receberiam seus benefícios. Com pessimismo global, bolsas europeias fecham em queda

O feriado bancário que entrou em vigor nesta segunda-feira na Grécia pegou de surpresa os cidadãos e representou um duro golpe para os aposentados, que não puderam receber seus vencimentos apesar de estarem, em tese, excluídos das restrições bancárias. As limitações decretadas pelo governo são rigorsas em relação às operações com dinheiro. O saque foi limitado a 60 euros por dia e só estão ilimitados os pagamentos com cartões de débito e crédito e as transferências nacionais pela internet. Acontece que a Grécia é um país no qual o uso de cartão não é tão comum, como em outras nações da União Europeia.

“Não tenho dinheiro e não tenho mais do que uma certidão, não tenho cartão”, queixava-se uma senhora, ao lado de outras pessoas que estavam na mesma situação. Na sede do Banco Nacional da Grécia, no centro de Atenas, aposentados foram surpreendidos pela notícia de que, ao contrário do que tinham ouvido, ainda não podiam sacar seu pagamento. “Até as cinco da tarde, não saberemos quais filiais abrirão”, informava um funcionário.

A situação no comércio, por outro lado, era de aparente normalidade – dentro do que isso significa atualmente na Grécia, onde a crise afetou diversos estabelecimentos. Mesmo nas lojas que não vendem artigos de primeira necessidades, o movimento parecia normal. No mercado central, onde se via mais turistas do que gregos, os vendedores enxergam a situação com pessimismo, por considerarem que as restrições de dinheiro vivo só pioram uma situação que já está há tempos desfavorável.

Leia também:

BCE recusou pedido da Grécia de € 6 bilhões

Perto do calote, Grécia fecha bancos e limita saques

Bolsas – As notícias sobre a situação da economia grega afetaram o fechamento das bolsas dos países da zona do euro. O principal índice da Bolsa de Valores de Lisboa, o PSI-20, fechou nesta segunda-feira em forte baixa de 5,22%, para 5.530,50 pontos. O índice seletivo DAX-30 da Bolsa de Valores de Frankfurt fechou em baixa de 3,56%, a 11.083 pontos.

Já em Londres, o índice principal da Bolsa de Valores, o FTSE-100, fechou com queda de 1,97%, a 6.620 pontos. A Bolsa de Madri, Ibex-35, encerrou com baixa de 4,56%, a Bolsa de Paris, CAC-40, caiu 3,74% e a de Milão, o FTSE MIB, cedeu 5,17%, a 22.569,95 pontos.

(Com agência EFE)