Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Feira de turismo alemã ITB inaugura na quarta sua edição ‘mais política’

Berlim, 6 mar (EFE).- A partir de quarta-feira, 10.644 expositores de 187 países participarão da feira internacional do turismo (ITB) de Berlim, a maior do setor em nível mundial, e que se apresenta ‘mais política do que nunca’, anunciaram nesta terça seus organizadores.

A 46ª edição da ITB reunirá até 11 de março os principais operadores turísticos, governos e agentes dos cinco continentes em 26 salas com um total de 160 mil metros quadrados, e abordará questões como a crise europeia, o turismo sustentável, a primavera árabe e as emissões de CO2.

Na entrevista coletiva de abertura, realizada no Palais Rundfunk da Feira de Berlim, os organizadores afirmaram que neste ano a ITB será mais política do que nunca.

Christian Göke, chefe de Operações da Feira de Berlim, destacou que nessa edição a oferta de atrações foi diversificada tanto para o público em geral como para os mais especializados setores da indústria turística mundial.

O evento incluirá neste ano as últimas novidades de aplicativos sobre turismo para smartphones, a participação dos blogueiros como agentes para facilitar a escolha de destinos para os turistas, o ecoturismo e o respeito aos direitos humanos.

O maior número de expositores da ITB é procedente da Alemanha, onde a indústria turística representa 4,4% do Valor Agregado Bruto (VAB), com cerca de US$ 370,4 bilhões.

Neste ano, o país convidado é o Egito, que ocupará 20 lugares diferentes decorados por dez artistas e organizará vários shows, assim como demonstrações e exposições de artesanato tradicional.

O ministro do Turismo do Egito, Abdel Nour, afirmou que 2011 ‘foi um ano muito difícil para a indústria turística’ por causa das revoltas populares, e o setor forneceu US$ 9 bilhões à economia, frente aos US$ 12,5 bilhões que obteve no ano anterior. EFE