Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fed anuncia novo plano para tentar fortalecer a economia

Medida envolve a compra de títulos de longo prazo do Tesouro americano, com o objetivo de derrubar os juros futuros e estimular investimentos

O banco central dos Estados Unidos (Federal Reserve) deu mais um passo não convencional para tentar estimular a economia norte-americana, afirmando que vai aumentar a fatia de títulos do Tesouro de longo prazo de sua carteira em 400 bilhões de dólares até junho de 2012, em um esforço para tornar o crédito mais barato e impulsionar gastos e investimentos.

Para manter as taxas de hipotecas baixas, o Fed também disse que vai reinvestir os recursos dos ativos lastreados em hipotecas e das dívidas das agências que vencerem em ativos hipotecários.

Três dos dez membros votantes opuseram-se à ação no fim da reunião de dois dias do comitê de política monetária do Fed, o Fomc, colocando, mais uma vez, em destaque as divisões dentro do banco central.

O Fed disse que venderá 400 bilhões de dólares em bônus de curto prazo e reinvestirá em títulos do Tesouro que vencem entre seis e 30 anos, confirmando as expectativas do mercado quanto à reativação da chamada Operação Twist, utilizada nos anos 1960, segundo o site MarketWatch.

O BC norte-americano deixou a taxa dos Fed Funds (a taxa básica de juros do país) entre 0% e 0,25% e reiterou o compromisso, anunciado em agosto, de que manterá os juros excepcionalmente baixos até meados de 2013.

Segundo a instituição, “o crescimento econômico continua lento” e a inflação ficará abaixo do nível consistente com seu duplo mandato.

(com Agência Estado)