Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Fed anuncia novas medidas de estímulo: venda de bônus e compra de longo prazo

Por Scott Olson 21 set 2011, 16h27

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) anunciou nesta quarta-feira novas medidas de estímulo para uma economia cuja reativação continua mostrando-se “lenta”.

O organismo anunciou que até o final de junho de 2012 venderá 400 bilhões de dólares em bônus do Tesouro para comprar um montante equivalente mas com vencimentos mais prolongados, como forma de fazer baixar as taxas de juros de longo prazo, uma alternativa que havia sido considerada por vários especialistas.

As taxas de juros poderiam seguir em seus níveis atuais até meados de 2013 caso seja preciso, disse o organismo.

A medida de venda e compra de bônus é uma reedição da “Operação Twist”, realizada pelo Fed em 1961, na qual o banco substitui operações de curto prazo por prazos mais longos para aliviar a pressão sobre os juros dessas obrigações.

“O programa deverá baixar a pressão sobre as taxas de juros de longo prazo e ajudar a tornar mais confortáveis as condições financeiras gerais”, disse o Comitê Monetário do Fed (FOMC) em um comunicado.

Três dos 10 membros do FOMC votaram contra a decisão.

Logo após o anúncio do Fed, no entanto, a Bolsa de Nova York seguia em queda: o Dow Jones perdia 0,95% e o Nasdaq 0,21%.

Continua após a publicidade
Publicidade