Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

FecomercioSP: confiança do comércio de SP cai 1,7%

Por Da Redação 8 fev 2012, 10h11

Por Equipe AE

São Paulo (AE) – O empresário do comércio paulistano começou o ano menos confiante, segundo indicador da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP), que apresentou recuo de 1,7% em relação a dezembro. O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (ICEC) passou de 123,3 pontos em dezembro para 121,2 no primeiro mês deste ano. Criado em março de 2011, o indicador varia de 0 a 200 pontos e mostra otimismo quando acima dos 100 pontos.

De acordo com a FecomercioSP, o resultado de janeiro foi puxado por quedas em dois subíndices que compõem o ICEC. O Índice de Expectativa dos Empresários do Comércio (IEEC) caiu 2,5% por conta do declínio da perspectiva dos consultados em relação à economia e da confiança sobre suas próprias empresas e seus segmentos.

O outro índice que teve influência na queda do ICEC é o de Investimento do Empresário do Comércio (IIEC), que apresentou recuo de 2,6% em razão da queda na expectativa de contratação de funcionários e do nível de investimento das empresas. “Devido à mão de obra temporária no Natal, é natural que após esse período os empresários fiquem mais comedidos em termos de contratações efetivas”, afirma a FecomercioSP, em nota à imprensa.

De acordo com a entidade, a diminuição do otimismo dos empresários da cidade de São Paulo em janeiro está relacionada às projeções dos negócios para o mês de fevereiro, que costumam ser mais moderados. “Entretanto, cabe ressaltar que há uma série de estímulos para que não haja desaceleração do consumo interno e isso deve impactar positivamente nas percepções futuras dos empresários, desta forma, revertendo à retração deste início de ano”, prevê.

Continua após a publicidade
Publicidade