Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Farmácias registram novo recorde de testes positivos para Covid-19

De 740.707 exames colhidos entre os dias 17 a 23 de janeiro, 319.574 foram positivos; número é 37% acima da semana anterior e 38 vezes do início de dezembro 

Por Larissa Quintino Atualizado em 27 jan 2022, 20h24 - Publicado em 27 jan 2022, 17h38

O avanço da variante ômicron no Brasil provocou uma correria às farmácias brasileiras. E, o número de testes positivos de Covid-19  detectados pelos estabelecimentos vem crescendo. Segundo dados da Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), foram realizados 740.707 testes rápidos entre os dias 17 a 23  de janeiro e, destes, 43,14% (319.574)  foram positivos.

Segundo os dados da associação, o número é 37% acima que os 233.537 pacientes positivados da semana anterior, que até então representava o recorde de detecção de coronavírus nas farmácias. O volume de testes aplicados nesta semana também é o maior desde o início da pandemia. “O número de infectados é 38 vezes maior na comparação com o início de dezembro. São informações alarmantes que escancaram o risco da pandemia para a saúde pública”, adverte Sérgio Mena Barreto, CEO da Abrafarma.

Desde abril de 2020 o número de testes realizados em farmácias acumula 14.619.865, com 3.167.757 positivos, 21% do total.

Reclamação de consumidores

A Abrafarma foi notificada pelo Procon-SP na última terça-feira sobre a dificuldade de consumidores conseguirem realizar agendamento para a testagem. Em resposta à entidade, a associação  informou que não há falta de testes nas farmácias. Apenas uma rede está com dificuldade de realizar exames devido à alta procura na semana passada. Houve ainda, segundo a associação, recesso da indústria que reduziu o fornecimento. No entanto, a produção já foi retomada.

Sobre questionamentos de aumento de preços, a Abrafarma afirma que os preços são os mesmos “há muitos meses”. Na quarta-feira, 26, o Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP), por meio da Senacon, notificou 14 empresas suspeitas de aumento de preços de testes de Covid-19. 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Impressa + Digital

Plano completo da VEJA! Acesso ilimitado aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias 24h e revista digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Receba semanalmente VEJA impressa mais Acesso imediato às edições digitais no App.

a partir de R$ 39,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e ter acesso a edição digital no app, para celular e tablet.

Colunistas que refletem o jornalismo sério e de qualidade do time VEJA.

Edições da Veja liberadas no App de maneira imediata.

a partir de R$ 19,90/mês