Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

FAO estima grandes safras de milho no Brasil e nos EUA em 2012

ROMA, 13 Jun (Reuters) – A produção global de grãos em 2012 deve ser impulsionada por grandes colheitas de milho no Brasil e nos Estados Unidos, disse a agência de alimentos das Nações Unidas nesta quarta-feira.

A Organização para Agricultura e Alimentação (FAO) disse em seu relatório de Perspectivas para a Safra e Situação Alimentar de junho esperar que a produção de milho do Brasil atinja 67 milhões de toneladas em 2012, 20 por cento acima do registrado em 2011.

A FAO disse que as condições favoráveis permitiam trabalhos no campo mais cedo em muitas regiões dos Estados Unidos, o que elevou a possibilidade de os plantios aumentarem acima das expectativas e a produtividade média do milho superar as tendências.

A primeira projeção do Departamento de Agricultura norte-americano para a produção de milho em 2012 aponta para uma safra recorde de 376 milhões de toneladas, um aumento de 43 milhões de toneladas em relação ao recorde anterior, atingido em 2009, disse a FAO em seu relatório.

As perspectivas para as safras de cereais na Europa, por outro lado, se deterioraram ainda mais, disse a FAO, refletindo as condições persistentes de seca em alguns países da Europa Central, combinadas com temperaturas de primavera bastante elevadas.

Enquanto o plantio de milho na UE é previsto para aumentar, a produtividade deverá se deteriorar e espera-se que a produção caia cerca de 4 por cento, para 64 milhões de toneladas, disse a FAO.

A produção de milho da Argentina também deverá cair 12 por cento, para 20,1 milhões de toneladas em 2012, após uma prolongada estiagem em dezembro e janeiro reduzir o potencial de rendimento.

A agência baseada em Roma disse no início de junho que esperava um aumento de 3,2 por cento da produção global de cereais, para 2,419 bilhões de toneladas em 2012.

(Reportagem de Catherine Hornby)