Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Famílias reassentadas protestam contra a Vale em Moçambique

JOHANESBURGO, 10 Jan (Reuters) – Famílias reassentadas pela Vale na região do Tete, em Moçambique, acusaram nesta terça-feira a mineradora de não cumprir as promessas feitas a elas em 2009.

Cerca de 700 famílias, reassentadas a aproximadamente 60 quilômetros de distância da área da mina de carvão Moatize, fizeram um protesto contra a falta de acesso a água, eletricidade e terra para agricultura na área de Cateme, para onde foram levadas.

“Muitas promessas feitas pela Vale antes de eles nos reassentarem aqui não foram cumpridas desde 2009”, disse o líder comunitário Eduardo Zinocassaka.

A Vale se negou a comentar sobre o protesto, afirmando que tem um acordo com o governo local e que as autoridades de Moçambique divulgariam um comunicado oficial na quarta-feira pela manhã.

As famílias foram reassentadas entre novembro de 2009 e dezembro de 2010.

“Em dezembro, nós enviamos um documento-queixa para o governo do Distrito de Moatize requisitando a intervenção oficial deles para resolver os problemas da comunidade, e como nós vimos a incapacidade do governo, decidimos protestar”, disse Zinocassaka a Reuters por telefone.

(Reportagem de William Mapote)