Clique e assine a partir de 9,90/mês

Exportações chinesas desaceleraram em maio

Segundo previsão do Fundo Monetário Internacional, economia do país crescerá menos do que o esperado para 2013

Por Da Redação - 8 jun 2013, 15h38

A China anunciou neste sábado que houve uma desaceleração nas exportações do país em maio. Neste mês, o crescimento foi de apenas 1%, consequência da frágil demanda interna e das dificuldades da economia mundial. Em abril, a alta nas exportações foi de 14,7% em ritmo anual. O excedente comercial de maio foi de 20,4 bilhões de dólares, um resultado superior a abril, que foi de 18,2 bilhões.

A economia da China crescerá menos do que o esperado em 2013, segundo apontou o Fundo Monetério Internacional (FMI). Na última semana, o órgão rebaixou sua previsão sobre o crescimento do país no resto do ano de 8% para 7,75%. Em entrevista coletiva, o subdiretor-geral do FMI, David Lipton, atribuiu a redução às condições econômicas globais, que mantêm frágil a demanda das exportações chinesas.

Leia também:

FMI rebaixa previsão de crescimento da economia chinesa

Continua após a publicidade

Produção industrial chinesa cresce abaixo das expectativas

Em desaceleração, economia da China cresce 7,7% e desaponta

(Com AFP)

Publicidade