Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Exportação de carne bovina do Brasil sobe; embarque ao Irã cai

SÃO PAULO, 10 Fev (Reuters) – As exportações de carne bovina do Brasil tiveram um aumento de 23 por cento em janeiro de 2012, para 86,1 mil toneladas, na comparação com o mesmo mês do ano passado, informou a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne (Abiec) nesta sexta-feira.

A receita com as vendas totalizou 400,88 milhões de dólares, alta de 27 por cento, ancorada no volume maior embarcado no período e no aumento do preço médio da carne no período.

Segundo o levantamento da Abiec, o preço médio em janeiro teve uma alta de 3,4 por cento, para 4.655 reais por tonelada embarcada.

Ao aumento nas exportações ocorreu apesar do forte recuo nos embarques para o Irã, importante destino para as vendas do Brasil.

As vendas para o mercado iraniano recuaram 85 por cento, para 2 mil toneladas em janeiro, segundo a Abiec, com o Irã sofrendo as sanções financeiras dos EUA por conta de seu programa nuclear, o que resulta em dificuldades para o país adquirir e pagar por produtos importados.

RÚSSIA LIDERA APESAR DO EMBARGO

A Rússia se mantém como principal mercado das carnes do Brasil, com 16.773 toneladas importadas em janeiro, apesar do embargo parcial que mantém desde 15 de junho à indústria brasileira.

As compras russas de carne bovina representaram um aumento de 19,9 por cento em volume ante janeiro de 2011, disse a Abiec.

Existem restrições para unidades de carne do Mato Grosso, Paraná e Rio Grande do Sul, ainda que o embargo parcial afete mais as carnes suínas do Brasil.

No entanto, o ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, espera a reabilitação de duas unidades processadoras de carne por parte da Rússia, uma de bovinos e uma de suínos, após três plantas terem sido reabertas no final do ano passado. O Brasil segue negociando a questão com o governo russo.

Em segundo lugar ficou Hong Kong, com alta de 41,9 por cento do volume importado ante o ano anterior.

Já as compras da União Europeia, terceira no ranking, recuaram 0,14 por cento na comparação com janeiro do ano passado, para cerca de 7 mil toneladas.

(Reportagem de Patrícia Monteiro)