Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Eurozona e UE crescem apenas 0,2% no terceiro trimestre de 2011

Por Da Redação 15 nov 2011, 10h49

Bruxelas, 15 nov (EFE).- A economia dos 17 países que compartilham o euro e do conjunto da União Europeia (UE) cresceu apenas 0,2% no terceiro trimestre em relação ao trimestre anterior, o que comprova a estagnação da economia no Continente.

Os dados antecipados da evolução do Produto Interno Bruto (PIB) da UE e da zona do euro, divulgados nesta terça-feira pelo Eurostat, o escritório de estatísticas comunitário, coincidem assim com as previsões apresentadas no último dia 10 pela Comissão Europeia (CE).

A CE alertou sobre a ameaça de uma nova recessão diante da estagnação do crescimento no Continente, que deverá se prolongar até a segunda metade de 2012 se os países da região não conseguirem evitar a crise.

Os números também coincidem com as previsões dos analistas. O Llyods Banks afirmou que os índices do terceiro trimestre não dariam quase nenhum consolo aos países da UE e da zona do euro. No segundo trimestre, as economias da região também cresceram 0,2%.

Na comparação anual, no entanto, os dados não são tão sombrios: as economias da Europa cresceram 1,4% no terceiro trimestre ante o mesmo período de 2010. No trimestre anterior, a zona do euro cresceu 1,6% e a UE 1,7% comparados ao mesmo período do ano passado.

Continua após a publicidade

A evolução do PIB nos 17 países da zona do euro e nos 27 membros da UE foi negativa em quase todos os países no terceiro trimestre. A Romênia, que cresceu 1,9%, e a Letônia e a Lituânia, que registraram expansão de 1,3%, foram os únicos países que tiveram índices positivos.

No lado oposto, o PIB no Chipre caiu 0,7%, em Portugal, 0,4%, e na Holanda, 0,3%. O Eurostat não conta com os dados da Grécia e da Itália no terceiro semestre: o único índice disponível é que a economia grega desacelerou 5,2% no ano.

O resto dos países teve crescimento nulo (Espanha, Bélgica, Bulgária e da República Tcheca) ou porcentagens que oscilam entre 0,3% e 0,8%.

A Alemanha cresceu 0,5% em relação ao trimestre anterior e 2,6% comparado a 2010. Já a França registrou expansão de 0,4% nesse trimestre em relação ao anterior, e crescimento de 1,6% ante 2010.

Frente ao tímido crescimento da eurozona e da UE, a economia americana cresceu 0,6% no terceiro trimestre, segundo o Eurostat, e a japonesa 1,5%.

Comparado com o mesmo período do ano anterior, o PIB dos Estados Unidos avançou 1,6%, enquanto o japonês se contraiu 0,2%. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade