Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Eurofarma prevê aquisição no México em 2013

Por Esteban Israel

SÃO PAULO, 12 Abr (Reuters) – O laboratório brasileiro Eurofarma prevê realizar uma aquisição no México em 2013, um bilhete de entrada para o segundo mercado farmacêutico da América Latina, parte de sua estratégia agressiva de regionalização em busca de escala, afirmou nesta quinta-feira um executivo.

A quinta maior farmacêutica do Brasil colocou um pé, neste mês, na Colômbia com a compra que uma fábrica da Schering Plough, uma subsidiária local da Merck.

A Eurofarma, especializada em produtos de prescrição médica e genéricos, adquiriu nos últimos anos ativos na Argentina, Chile, Bolívia, Paraguai e Uruguai.

“Já temos algumas empresas identificadas no México e estamos conversando com elas”, disse à Reuters o diretor de exportações da Europfarma, Wesley Pontes.

“Talvez iniciaremos neste ano a fase de due diligence e as auditorias, mas a conclusão do negócio ocorrerá em 2013”, adicionou.

Pontes não revelou os nomes das empresas com que está em negociação, mas disse que a Eurofarma busca um laboratório de tamanho médio, com um bom portfólio de marcas e bem posicionado no segmento de prescrição médica. O valor do negócio deve ficar entre 20 milhões e 40 milhões de dólares.

O executivo afirmou que a Eurofarma continuará com sua estratégia de aquisições na América Latina para abrir novos mercados para sua carteira de 300 produtos.

“Estamos comprando um bilhete de entrada para estes mercados, porque acreditamos que a estratégia da Eurofarma no Brasil pode ser replicada nestes países e isso nos permitiria crescer rapidamente”, adicionou.

A Eurofarma espera encerrar 2012 com vendas de 1,9 bilhão de reais (1,044 bilhão de dólares), cerca de 20 por cento acima de 2011.

O Brasil, um dos mercados farmacêuticos de crescimento mais acelerado do mundo, seguirá sendo o principal negócio da Eurofarma. Mas a empresa espera gerar 30 por cento de sua receita no exterior em 2020, ante menos de 10 por cento atualmente.

Pontes disse que a Eurofarma deve realizar em 2013 a construção de uma fábrica na Argente para atender a demanda do país e também para exportações.