Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Euro tem queda forte depois de corte de juros pelo BCE

Por Da Redação
5 jul 2012, 18h38

Por Renato Martins

Nova York – O euro teve uma queda forte nesta quinta-feira, diante das principais moedas, depois de o Banco Central Europeu (BCE) reduzir sua taxa básica de juros ao nível mais baixo de todos os tempos, em um novo esforço para estimular a economia da região. Na mínima do dia, o euro caiu a US$ 1,2363, nível mais baixo em um mês. “O euro levou uma surra, e isso ainda não terminou”, disse o estrategista Peter Kinsella, do Commerzbank.

Na entrevista coletiva ao fim da reunião do BCE, o presidente do BCE, Mario Draghi, disse que a redução de 25 pontos-base na taxa básica, para 0,75%, tem o objetivo de tentar reverter a debilidade econômica da zona do euro, depois da recente deterioração das condições de crédito para a Espanha e a Itália.

Estrategistas do mercado opinaram que, depois da decisão do BCE, o euro passará cada vez mais a ser visto como uma das moedas a vender para financiar apostas em outras moedas com taxas de retorno melhores. A medida do BCE coincidiu com ações de outros bancos centrais: o Banco da Inglaterra (BoE) ampliou seu programa de compra de bônus, o Banco do Povo da China (PBoC) reduziu sua taxa básica e sua taxa de depósitos e o Banco Nacional da Dinamarca baixou sua taxa de depósitos para -0,2%, em território negativo pela primeira vez na história, além de reduzir sua taxa básica.

O dólar, por sua vez, foi beneficiado por essas medidas e também por dados positivos sobre a criação de empregos em junho. No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,2390, de US$ 1,2525 ontem; frente ao iene, o euro estava cotado a 99,02 ienes, de 98,78 ienes ontem. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.