Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Euro sobe, mas reduz ganho com rebaixamento da Espanha

Por Renato Martins

Nova York – O euro subiu frente ao dólar e ao iene, em dia marcado pela falta de más notícias da Europa, mas recuou no fim da tarde desta quarta-feira, após o anúncio do rebaixamento dos ratings da Espanha pela Egan-Jones e pela Moody’s. A Egan-Jones rebaixou a Espanha pela quarta vez em um mês e colocou o país quatro degraus abaixo do grau de investimento; já a Moody’s deixou o rating da Espanha apenas um degrau acima do grau especulativo.

“Exceto por algum catalisador negativo, o euro tem uma propensão leve a subir”, observou o analista Omer Eisner, da Commonwealth Foreign Exchange. Segundo ele, os traders acumularam apostas contra o euro nas últimas semanas e, em momentos de pausa na corrente de más notícias, aproveitam para realizar lucros, o que beneficia a moeda comum europeia. Pela primeira vez desde 2 de maio, o euro chegou ao fim do dia acima da média dos 20 dias anteriores, de US$ 1,2551.

O dólar, por sua vez, mostrou debilidade depois da divulgação dos dados de vendas no varejo nos EUA em maio. “Estamos vendo uma série persistente de indicadores decepcionantes nos EUA”, disse Paresh Upadhyaya, da Pioneer Investments.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,2557, de US$ 1,2504 ontem; frente ao iene, o euro estava cotado a ? 99,79, de ? 99,42 ontem. O iene estava cotado a 79,48 por dólar, de 79,52 por dólar ontem; o franco suíço estava cotado a 0,9564 por dólar, de 0,9605 por dólar ontem; a libra estava cotada a US$ 1,5505, de US$ 1,5569 ontem. As informações são da Dow Jones.