Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Euro sobe ante o dólar com leilão na Espanha

Por Gabriel Bueno

Nova York – Um dado forte nos Estados Unidos e um leilão da dívida encorajador da Espanha valorizaram o euro ante o dólar, nesta terça-feira. A moeda comum subiu acima de US$ 1,31 pela primeira vez em uma semana, com o aumento no apetite pelo risco superando momentaneamente os temores sobre os problemas de dívida na Europa.

Às 12h54 (pelo horário de Brasília), a cotação do euro estava em US$ 1,3122, de US$ 1,2998 no fim da segunda-feira. A moeda chegou a ser cotada a US$ 1,3124 hoje, quase dois centavos acima da mínima em onze meses registrada na semana passada, de US$ 1,2945.

Mais cedo, a Espanha, quarta maior economia na zona do euro e uma das com maiores dificuldades econômicas, leiloou com sucesso mais de 5 bilhões em papéis da dívida de curto prazo. Os investidores se animaram com o fato de os custos para empréstimo do país terem caído bastante em comparação com o leilão do mês passado, e também com a redução no yield (retorno ao investidor) do leilão de títulos de 10 anos. Na Itália, os yields dos bônus, que vinham em situação delicada nas últimas semanas, também ficaram abaixo do patamar psicológico de 7%.

Os mercados também se animaram com o aumento nas construções de moradias nos Estados Unidos, para o maior nível em quase dois anos, durante novembro. Ante a moeda da Suíça, a moeda comum era cotada a 1,2173 franco suíço, caindo 0,11%. Na semana passada, o BC da Suíça decidiu manter a meta de 1,20 franco suíço por euro. A falta de uma orientação explícita da instituição levou operadores a testarem o piso para a relação entre euro e franco. As informações são da Dow Jones.