Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

EUA revisam para baixo aumento da demanda mundial de petróleo em 2011 e 2012

Por Roslan Rahman 12 out 2011, 14h00

A agência oficial americana de informação sobre energia (EIA) revisou em leve baixa nesta quarta-feira a sua previsão de aumento da demanda mundial de petróleo para 2011 e 2012, por causa da incerteza que reina sobre a economia mundial.

Em seu relatório mensal, esta agência do Departamento de Energia estima que este ano o consumo de ouro negro alcançará 88,4 milhões de barris por dia (mb/d), o que representa um aumento de 1,3 mb/d em relação a 2010. Em 2012, chegará a 89,8 mb/d, em aumento de 1,4 mb/d.

Anteriormente, a agência previa um crescimento levemente superior para 2011 (+1,4 mb/d).

“Os riscos negativos dominam a demanda por causa dos temores persistentes relativos a uma redução no ritmo da recuperação econômica, a um contágio da crise da dívida na União Europeia e aos outros problemas orçamentários enfrentados pelos governos”, explicaram especialistas da EIA.

Por outro lado, a agência revisou para cima a oferta mundial, “em grande medida pelo aumento da produção da Arábia Saudita”. Os Estados Unidos também aumentarão sua produção em 180.000 barris por dia em 2011 e em 70.000 barris diários em 2012.

Continua após a publicidade

Publicidade