Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA: pedidos de auxílio-desemprego caem a nível mais baixo desde março 2008

Os novos pedidos de auxílio-desemprego recuaram nos Estados Unidos para seu nível mais baixo desde março de 2008, segundo dados publicados nesta quinta-feira pelo Departamento do Trabalho.

Com 348.000 pedidos de subsídios registrados em todo o país de 5 a 11 de fevereiro, as solicitações por desemprego recuaram 3,6% com relação à semana anterior, de acordo com dados corrigidos de variações sazonais, informou o Departamento.

As cifras do governo saíram em linha com os cálculos dos analistas, cuja estimativa média era de 365.000 novos pedidos.

Os novos pedidos de auxílio-desemprego voltaram ao nível registrado antes do forte período recessivo compreendido entre dezembro de 2007 e junho de 2009.

O número de novas solicitações de subsídios por desemprego nos Estados Unidos tem retrocedido desde o final do verão.

Esta tendência foi confirmada pelas cifras registradas no mês passado: durante a segunda semana de janeiro, as solicitações de subsídio por desemprego tiveram o maior recuo em mais de seis anos, caindo a seu nível mais baixo desde abril de 2008, segundo cifras oficiais.

De 8 a 14 de janeiro foram registrados 352.000 pedidos de subsídio por desemprego em todo o país, ou seja 12% menos que na semana anterior.

As últimas cifras oficiais permitem esperar uma nova baixa da taxa oficial de desemprego em fevereiro. Em janeiro, ela ficou em 8,3%, seu nível mais baixo desde fevereiro de 2009.