Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

EUA encontram fungicida ilegal em suco de laranja de Brasil e Canadá

As autoridades americanas bloquearam nesta sexta-feira nove amostras de suco de laranja originários de Brasil e Canadá, depois que seu conteúdo deu positivo para um fungicida ilegal no país.

A Agência de Alimentos e Medicamentos dos Estados Unidos (FDA, da sigla em inglês) disse que foi detectado no suco de laranja o carbendazim, um pesticida que não está autorizado para os cultivos de laranjas nos Estados Unidos, mas que é autorizado no Brasil e em outros países.

A FDA está realizando testes nos envios de suco de laranja de todos os países e de todos os produtores que embarcam o produto para os Estados Unidos depois de ter registrado vestígios de contaminação no início do mês.

A agência reguladora afirmou que o pesticida foi detectado em uma proporção de 10 partes por bilhão (ppb) em 11 amostras, duas das quais decidiram anular a venda aos Estados Unidos.

As outras nove amostras foram detidas na fronteira. Um total de 80 envios foram analisados.

Cinco carregamentos são originários do Brasil e seis do Canadá.

No início de janeiro, a FDA informou que encontrou vestígios de carbendazim que pareciam proceder de pesticidas aplicados em laranjais.

O químico estava presente em “baixos níveis” em alguns derivados de suco de laranja importados do Brasil, afirmaram as autoridades americanas.

No entanto, a Agência de Proteção Ambiental realizou uma análise preliminar de riscos e concluiu que o consumo de suco com carbendazim em baixos níveis “não é seguro”.