Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estoques estão acima do planejado pelos empresários

Por Célia Froufe

Brasília (AE) – Os estoques de produtos finais da indústria continuaram a cair em dezembro, mas seguem acima do planejado pelos empresários, segundo a Sondagem Industrial, divulgada pela Confederação Nacional da Indústria. O índice passou de 52,4 pontos em outubro para 51,1 pontos em novembro e atingiu 49,6 pontos em dezembro. Segundo a entidade, com a aproximação do índice da casa de 50, a indicação é de estabilidade dos estoques na comparação com o mês anterior.

A CNI destacou, porém, que as empresas encerraram 2011 com suas prateleiras mais cheias do que o desejado. Em relação ao planejado, o indicador passou todo o ano de 2011 acima da linha divisória de 50 pontos e, em dezembro, subiu para 53 pontos, ante média histórica de 51 pontos.

A CNI divulgou também que o número de empregados na indústria diminuiu em dezembro, atingindo 46,7 pontos no último mês de 2011 e mantendo-se abaixo da linha divisória de 50 pontos pelo terceiro mês consecutivo. Em novembro do ano passado, o indicador estava em 48,4 pontos e, em outubro, em 49,1 pontos. A marca de dezembro é a menor desde o início da série em janeiro de 2010.

O grau de insatisfação dos empresários com a margem de lucro de suas empresas se manteve no quarto trimestre de 2011. O índice ficou praticamente constante, já que passou de 45,9 pontos no terceiro trimestre para 46,4 pontos nos últimos três meses do ano, seguindo abaixo da linha divisória de 50 pontos. O índice também está 2,8 pontos menor do que o registrado em igual trimestre de 2010.

O indicador de situação financeira recuou 51,9 pontos no terceiro trimestre para 50,5 pontos no quarto trimestre. Já o índice de facilidade de acesso ao crédito ficou em 44,6 pontos.