Clique e assine a partir de 9,90/mês

Estoques de minério importado do Brasil voltam a subir na China

Por Da Redação - 13 jan 2012, 15h20

PEQUIM, 13 Jan (Reuters) – Os estoques de minério de ferro importado do Brasil nos principais portos da China voltaram a aumentar nesta semana, subindo 4,7 por cento na comparação com a semana anterior, de acordo com dados divulgados nesta sexta-feira pela consultoria industrial Mysteel.

Os estoques do produto do Brasil somaram 26,02 milhões de toneladas nesta semana.

Na semana passada, os estoques do produto brasileiro na China já tinham subido mais de 4 por cento ante a semana precedente.

Os maiores estoques do produto brasileiro na China, maior importador mundial, após exportações perto de recordes do Brasil em dezembro , podem ajudar compradores asiáticos a lidarem com uma menor produção esperada para janeiro, em função das fortes chuvas que atingem Minas Gerais, que responde por 67 por cento do total produzido no país.

Por causa das chuvas, a Vale, maior produtor global de minério de ferro, decretou na quarta-feira à noite força maior para alguns embarques.

A maior oferta brasileira ajudou a compensar uma redução semanal dos estoques do produto australiano na China.

Continua após a publicidade

Mesmo com a queda nos estoques da Australia, o total aumentou 0,8 por cento na semana, nos principais portos da China.

A Vale entregou 350 mil toneladas de minério de ferro no porto de Dalian no final de dezembro, no primeiro desembarque do supernavio da mineradora brasileira em terras chinesas.

Mas as entregas do Brasil na China provavelmente diminuirão, em função das chuvas que atingem as atividades nas minas e ferrovias no Sudeste.

O porto australiano de Hedland, um dos maiores terminais de minério de ferro, também foi fechado por um dia nesta semana como resultado do ciclone Heidi.

De acordo com estatísticas divulgadas pela alfândega da China na terça-feira, as importações chinesas de minério de ferro somaram 64,09 milhões de toneladas em dezembro, uma pequena queda ante novembro, apesar de uma menor demanda da indústria de aço.

(Reportagem de David Stanway, com texto de Roberto Samora)

Continua após a publicidade
Publicidade