Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Estados Unidos ameaçam aplicar sanções contra UE por subsídios da Airbus

Por Da Redação 9 dez 2011, 16h35

Washington, 9 dez (EFE).- O Governo dos Estados Unidos pedirá autorização à Organização Mundial do Comércio (OMC) para aplicar sanções comerciais entre US$ 7 bilhões e US$ 10 bilhões contra União Europeia (UE) por seus subsídios concedidos a Airbus.

O representante comercial do governo dos Estados Unidos, Ron Kirk, afirmou que a UE, ao contrário do que havia informado, não retirou os subsídios a Airbus, e até mesmo aumentou a ajuda para a produção e o desenvolvimentos de aviões civis.

‘A OMC expos claramente que a alocação de recursos para a fabricação de aeronaves da Airbus foi uma espécie de subsídio incompatível com as regras da organização, e que prejudicaram a indústria e o emprego nos EUA’, afirmou Kirk.

O representante comercial disse ainda que apesar dos EUA exigirem o fim imediato da prática, o país seguirá negociando com a UE para chegar a um acordo para acabar com os subsídios.

O governo americano chegou a pedir autorização do Órgão de Resolução de Disputas da OMC, em Genebra, para impor multas anuais à UE.

Meses atrás, o tribunal de apelações da OMC considerou que a Airbus recebeu US$ 18 bilhões milhões em subsídios ilegais ao longo de vários anos. EFE

Continua após a publicidade

Publicidade