Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Essa Coca É Fanta, diz campanha para o Dia do Orgulho LGBT

Por enquanto, a Coca-Cola não pretende comercializar as latinhas que celebram o dia do Orgulho LGBT

A Coca-Cola utilizou uma expressão popular para sua campanha interna do Dia do Orgulho LGBT, celebrado nesta quarta-feira (28). A frase “Essa Coca-Cola é Fanta e daí?” foi estampada nas latinhas colocadas nas geladeiras dos 13 andares da sede da Coca-Cola, no Rio de Janeiro.

Segundo a empresa, a distribuição das latinhas especiais – cujo conteúdo é Fanta Laranja – faz parte de uma ação interna dirigida apenas aos funcionários em homenagem ao Dia do Orgulho LGBT. A nova latinha de Coca causou alvoroço nas redes sociais e muitos consumidores se interessaram pelo produto.  Mas a companhia não tem previsão de comercializar o produto.

“Acreditamos que ações como essa geram orgulho e empatia e ajudam na cultura positiva do nosso dia a dia”, afirma Marina Peixoto, diretora de comunicação da Coca-Cola Brasil.

Além da Coca de Fanta, a companhia também enviou um e-mail aos funcionários em homenagem ao Dia do Orgulho LGBT.

“Assim como as sociedades se transformam, as empresas também precisam se reinventar e acompanhar as mudanças. Para promover melhores condições e criar um ambiente mais favorável, o Grupo Diversidade está cada vez mais atuante para trazer à tona esse valor que sempre esteve no DNA da companhia”, diz a mensagem.

Outras empresas

Na Bayer, o Comitê da Diversidade traz abordagens relacionadas a questões religiosa, racial, de gênero, de pessoas com deficiência e de LGBT, esta conhecida como Blend.

O Blend integra uma estratégia global da Bayer com o objetivo de defender os direitos LGBT e lutar pela igualdade de oportunidades na empresa em todas as unidades do mundo.

Para o presidente da Bayer no Brasil, Theo van der Loo, existe um preconceito inconsciente, e as organizações exercem um papel fundamental de combate à discriminação.

“É preciso também estar atento às necessidades individuais e promover condições igualitárias de desenvolvimento. É fundamental que todo o ambiente corporativo seja estimulado a valorizar a diversidade, a partir de ações efetivas”, afirma Theo van der Loo.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Francisco Leitão

    Genial

    Curtir

  2. Lamento, mas eu não bebo Fanta!

    Curtir

  3. Luiz Chevelle

    Antes de ser obrigado a ser gay, vou mudar de país.

    Curtir