BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

Espera por afrouxamento monetário nos EUA faz ouro subir

Por Da Redação
1 jun 2012, 15h48

Por Álvaro Campos

Nova York – Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em forte alta nesta sexta-feira, impulsionados pelas expectativas de uma terceira rodada de relaxamento quantitativo nos Estados Unidos (QE3, na sigla em inglês), que derrubaria o dólar e faz os investidores buscarem refúgio no metal.

O contrato de ouro mais negociado, para agosto, ganhou US$ 57,90 (3,7%), fechando a US$ 1.622,10 a onça-troy, o maior nível em três semanas. É o maior ganho porcentual desde agosto do ano passado. Na semana, o metal acumulou alta de 3,4%.

Nesta sexta-feira, o governo dos EUA divulgou seu relatório sobre o mercado de trabalho (payroll), que mostrou que a economia do país criou 69 mil vagas em maio, número que ficou bem abaixo da previsão dos analistas ouvidos pela Dow Jones, de 155 mil. Isso elevou as especulações de que o Federal Reserve pode adotar o QE3 para tentar impulsionar o crescimento econômico.

Continua após a publicidade

“Isso é exatamente o que o ouro queria”, diz Frank Lesh, corretor e analista da FuturePath Trading. “As pessoas acreditam que, após esses números (do payroll), o banco central vai imprimir mais dinheiro”, acrescenta Matt Zeman, diretor de negociação da Kingsview Financial.

Os investidores tendem a comprar ouro quando a autoridade monetária anuncia programa de estímulo, com medo de que o excesso de liquidez provoque uma desvalorização do dólar e incentive a inflação. O metal é considerado um hedge contra a inflação. As informações são da Dow Jones.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VEJA pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

a partir de R$ 29,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.