Clique e assine a partir de 9,90/mês

Espanhol Santander tem lucro 35% menor em 2011 por provisões

Por Da Redação - 31 jan 2012, 07h27

MADRI, 31 Jan (Reuters) – O Santander apresentou nesta terça-feira lucro líquido de 5,35 bilhões de euros (7 bilhões de dólares) no fechado de 2011, queda de 35 por cento após o banco espanhol assumir provisões adicionais contra a deterioração de ativos imobiliários.

O maior banco da zona do euro foi a mais recente instituição da Espanha a anunciar que iria destinar capital para cobrir sua exposição ao setor imobiliário, antes de exigências do governo para que os bancos elevem suas provisões. O Santander informou que vai separar 3,2 bilhões de euros em provisões extraordinárias.

O lucro líquido recorrente da instituição foi de 7,02 bilhões de euros no ano passado, 14 por cento menor que o apurado em 2010 e em linha com as estimativas de analistas. A margem financeira líquida, enquanto isso, subiu 5,5 por cento, para 30,8 bilhões de euros.

A parcela de financiamentos nocivos no volume total de empréstimos aumentou de 3,86 ao final de setembro para 3,89 por cento em dezembro.

Continua após a publicidade

Ao contrário de seus concorrentes na Espanha, o Santander tem condições de absorver maiores provisões graças às operações fora do país. A Espanha responde por menos de 10 por cento do lucro do grupo. Em 2011, a América Latina, liderada pelo Brasil, contribuiu com mais da metade do lucro do banco pela primeira vez.

Nesta terça-feira, o Santander Brasil apresentou lucro líquido de 3,557 bilhões de reais referente ao ano passado, inferior aos 3,863 bilhões apurados em 2010.

(Por Sonya Dowsett)

Publicidade