Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Espanha ‘precisa de cooperação’ da zona do euro, diz De Guindos

A Espanha tomou “todas as medidas que são consideradas adequadas” para recuperar o crescimento, disse nesta segunda-feira o ministro da Economia, Luis de Guindos, e agora o que ela precisa é da “cooperação de toda a zona do euro”.

“Tomamos todas as medidas consideradas adequadas (para) retomar o crescimento e a estabilidade”, afirmou De Guindos em sua chegada a Bruxelas, para participar de uma reunião com seus homólogos da zona do euro, na qual deverá explicar sua recente reforma bancária.

Fizemos o possível “tanto no âmbito trabalhista como financeiro, passando por um saneamento profundíssimo de nossos bancos, e pela melhora a médio e longo prazo de nossa posição fiscal”, afirmou.

As declarações foram feitas pouco depois de a taxa de risco espanhola marcar um recorde, ao chegar aos 492 pontos básicos, impulsionando a rentabilidade do título espanhol a 10 anos até 6,3%, nível que não alcançava desde novembro, quando superou 7%. No final do dia, a taxa estava em 476,940 pontos básicos.