Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

ENTREVISTA-JBS vê melhor desempenho da Pilgrim’s em 2012

Por Guillermo Parra-Bernal e Fabíola Gomes

SÃO PAULO, 4 Abr (Reuters) – A perspectiva de firme demanda tanto nos Estados Unidos como no mercado global deve garantir neste ano a recuperação no desempenho da Pilgrim’s Pride, a unidade norte-americana de frango que puxou para baixo o resultado da JBS em 2011, disse o diretor de Relação com Investidores da companhia nesta quarta-feira.

“Vemos uma melhora nos Estados Unidos… houve um corte na produção no final do ano passado, mas tem uma demanda aí”, afirmou o diretor Jeremiah O’Callaghan em entrevista à Reuters.

O mercado norte-americano viveu um ano de excesso de oferta que pressionou as cotações do frango. Tal cenário levou as empresas a fazerem cortes na produção que tiveram reflexo já no final de 2011, com uma oferta menor, em meio a uma demanda firme.

O JBS teve um prejuízo de 75,7 milhões de reais em 2011, pressionado pelas perdas na unidade de frangos dos Estados Unidos.

A Pilgrim’s, segunda maior produtora de aves do mundo, acumulou perdas de 833 milhões de reais no ano passado. A companhia agora espera uma reversão do resultado da subsidiária norte-americana.

O executivo ressaltou que o aumento das vendas externas da Pilgrim’s, que anteriormente tinham baixa participação no faturamento e agora já representam 20 por cento, também deve colaborar para esta inversão no resultado negativo.

“É uma mudança de cultura. Antes apenas o remanescente ia para o mercado externo, agora estamos fidelizando… exportando mais”, acrescentou.

Cerca de 25 por cento do faturamento total da companhia é proveniente das exportações.

O’Callaghan, que está na companhia há 17 anos, originalmente trabalhou na parte operacional e posteriormente mudou para a área de relacionamento com investidores durante o processo de internacionalização da JBS, que a levou à liderança global na produção de proteína animal.

Além do Brasil, a companhia possui plataformas de produção e exportação nos EUA, Austrália, México, Paraguai, Uruguai e Argentina.

A companhia vai priorizar o uso eficiente de emissão de títulos para reduzir a alavancagem e diminuir o descasamento no fluxo de caixa decorrente de ter operações espalhadas pelo mundo inteiro, disse O’Callaghan.

A melhor alternativa, na avaliação do executivo, é se endividar no estrangeiro via a unidade JBS USA e usar o dinheiro da captação para pagar dívida a juros mais altos no Brasil, como já foi feito, ele disse. “O objetivo principal é fazer um uso mais eficiente do capital,” acrescentou.

Por ora, a companhia está empenhada em focar na redução da alavancagem no Brasil. Numa segunda etapa, ele diz, os esforços para melhorar o custo de financiamento focarão na dívida externa, especialmente em bônus em dólares.

O resultado negativo da Pilgrim’s afetou os indicadores sobre a dívida da companhia no final do ano passado.

No ano passado, incluindo a Pilgrim’s, a dívida líquida ficou em quatro vezes o Ebitda.

Com a melhora de desempenho prevista para a unidade americana produtora de frango, é possível que a relação de dívida líquida caia a menos de três vezes Ebitda, ponderou Eduardo Galvão, gerente de RI.

PRODUÇÃO LOCAL

Esta mesma perspectiva de mercados demandantes para o frango se repete no caso da carne bovina, o que tem feito a companhia maximizar o uso de sua capacidade produtiva. Além de arrendamentos, a companhia está atenta a possíveis aquisições de unidades que permitam ampliar esta capacidade.

A estimativa do JBS, maior produtor de carne bovina do mundo, é fechar 2012 como uma capacidade para abater em torno de 8 milhões de cabeças e um abate de cerca de 7,5 milhões de animais, o que representaria um incremento de 20 por cento em relação a 2011.

O total abatido no Brasil em 2011 representou pouco mais de 40 por cento do total no mundo.

A previsão para 2012 também está em linha com a perspectiva de atingir até 95 por cento da capacidade operacional neste ano, estratégia ancorada na manutenção da demanda interna e de uma melhora no mercado externo ao longo de 2012.