Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Encomendas à indústria recuam na Europa

Nos 17 países da zona do euro, as encomendas tiveram queda de 2,7% em novembro ante o mesmo período do ano anterior

As encomendas à indústria dos 17 países da zona do euro caíram em novembro do ano passado, provocando a primeira queda anual em dois anos, segundo dados da agência de estatística Eurostat. Houve o declínio de 1,3% em comparação com outubro e de 2,7% em relação a novembro de 2010.

Apesar da piora nos índices, os resultados foram levemente melhores do que a previsão dos economistas, que era de queda mensal de 2,3% e anual de 2,8%. Os dados de outubro foram revisados para mostrar altas de 1,5% tanto no mês como no ano, pois, originalmente, a Eurostat havia calculado altas de 1,8% e 1,6%, respectivamente.

O país que sofreu a maior queda de novas encomendas foi a Alemanha, com recuo mensal de 5,0% e de 3,0% anual. Em segundo veio a Itália, com declínio mensal de 1,5% e 2,3% anual, e a França com contração de 0,8% tanto no comparativo mensal como anual. Em Portugal, a queda em novembro ante o mesmo período de 2010 foi de 25,0%. (Com Agência Estado)