Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empréstimos inadimplentes atingem recorde na Espanha

O aumento de 3 bilhões de euros em setembro levou a inadimplência ao o nível recorde de 182,3 bilhões de euros, segundo o Banco Central do país

Os empréstimos inadimplentes dos bancos da Espanha subiram 3 bilhões de euros (3,8 bilhões de dólares) em setembro, atingindo o nível recorde de 182,3 bilhões de euros, segundo o Banco Central do país. O valor representa 10,7% de todos os empréstimos concedidos e se compara com a taxa de 10,5% dos empréstimos inadimplentes em agosto.

O crescimento ocorreu todos os meses por cerca de um ano, em meio a um aumento dos calotes de construtoras de residências, alto desemprego e demanda doméstica fraca. Os empréstimos totais, no entanto, recuaram levemente enquanto os bancos buscaram reduzir seus perfis de risco.

Em setembro, os empréstimos totais subiram para 1,7 trilhão de euros, em bases mensais, mas continuaram bem abaixo de sua máxima histórica de mais de 1,8 trilhão de euros registrado no pico da bolha imobiliária em 2008 no país.

Leia também:

Na Cúpula Ibero-Americana, Espanha e Portugal vislumbram a salvação no Brasil

Espanha aprova terceira reforma financeira em menos de um ano

Bancos espanhóis não poderão despejar endividados de suas casas por 2 anos

(com Estadão Conteúdo)