Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empréstimos do BNDES sobem 20,5% em setembro

Total de empréstimos somou R$ 13,4 bilhões no nono mês e R$ 94,6 bilhões no acumulado do ano

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) desembolsou em setembro 13,4 bilhões de reais, alta de 20,5% sobre o mesmo mês de 2011, informou o banco de fomento nesta terça-feira. O setor industrial foi o que mais recebeu recursos do BNDES no mês passado – total de 5 bilhões de reais.

No acumulado de janeiro a setembro, os desembolsos totalizaram 94,6 bilhões de reais, o que representa uma alta de 3% em relação ao liberado no mesmo período de 2011. O BNDES desembolsou nos nove primeiros meses do ano 33,5 bilhões de reais para a indústria e 31 bilhões de reais para infraestrutura – os dois segmentos juntos representaram 68% do total de empréstimos liberados pelo banco nos nove primeiros meses do ano.

“Os resultados indicam processo de retomada do crescimento da economia, impulsionado pelos investimentos, sobretudo na indústria”, informou o BNDES, em nota.

No segmento industrial, os desembolsos foram principalmente para papel e celulose, química e petroquímica, mecânica e material de transporte.

O banco espera que o ritmo de liberações se acelere nos próximos meses, como resultado da redução das taxas de juros do Programa de Sustentação do Investimento (BNDES PSI). As liberações do programa somam 27 bilhões de reais neste ano até setembro, ou 29 por cento dos desembolsos totais do banco.

Leia mais:

BNDES aprovará crédito de R$ 900 milhões para porto de Eike

Tesouro libera R$ 20 bilhões ao BNDES

Superávit primário: o dilema arriscado de Dilma

(com agência Reuters)