Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Empréstimo a bancos não buscou reanimar crédito, diz vice do BCE

Por Da Redação
28 mar 2012, 15h39

FRANKFURT, 28 Mar (Reuters) – O Banco Central Europeu (BCE) emprestou mais de 1 trilhão de euros a bancos da zona do euro para responder às suas pressões de financiamento de curto prazo e não para reanimar o crédito ou resolver a crise da dívida soberana, afirmou o vice-presidente do BCE, Vítor Constâncio.

Dados do BCE divulgados nesta quarta-feira mostraram que os bancos reduziram empréstimos a empresas da zona do euro em fevereiro, sugerindo que a enxurrada de dinheiro que o BCE injetou ainda não serviu para impulsionar as debilitadas empresas na economia em geral.

“Nossas LTROs (sigla em inglês para operações de refinanciamento de longo prazo) eram para responder à pressão de financiamento no curto prazo e nada mais”, disse Constâncio em Frankfurt.

“Nunca passou pela nossa cabeça que estaríamos resolvendo a crise da dívida soberana com isso (LTROs)”, acrescentou. “Bancos não decidem dar crédito só porque têm reservas.”

(Reportagem de Eva Kuehnen)

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.