Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Empresas devem pagar 2ª parcela do 13º salário até hoje; entenda o valor

Pagamento deve injetar mais de 211,2 bilhões de reais na economia brasileira, segundo cálculos do Dieese

Por Redação - Atualizado em 20 dez 2018, 10h31 - Publicado em 20 dez 2018, 09h43

As empresas devem pagar a segunda parcela do 13º salário dos funcionários até esta quinta-feira, 20. Sobre essa parcela incidem todos os descontos, como INSS e Imposto de Renda, por isso o valor é menor que o da primeira.

A gerente de conteúdo legal e regulatório da Sage Brasil, Milena Santos, diz que o cálculo é simples para trabalhadores que recebem todos os meses o mesmo salário. Mas existem fatores que incidem sobre o cálculo, como tempo trabalhado no ano, comissões, horas extras e adicional noturno.

Para facilitar o cálculo do 13º salário, VEJA desenvolveu uma ferramenta que mostra o valor de cada parcela (clique aqui e acesse a calculadora).

Pelos cálculos do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), o pagamento do 13º salário deve injetar mais de 211,2 bilhões de reais na economia brasileira. O dinheiro beneficiará 84,5 milhões de trabalhadores, que receberão 2.320 reais em média.

Publicidade

Têm direito ao pagamento todos os trabalhadores com carteira assinada – inclusive domésticos, rurais, temporários e aposentados. Basta possuir 15 dias (ou mais) de serviço prestado.

Segundo o Dieese, o dinheiro adicional na economia representa cerca de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil. Do montante a ser pago, 66% será destinado aos trabalhadores formalizados. Outros 34% serão direcionados para aposentados e pensionistas do INSS.

Publicidade