Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Empresas de Eike ampliam perdas no segundo trimestre

Petroleira OGX teve prejuízo de R$ 4,72 bilhões, a empresa de construção naval OSX de R$ 149,1 milhões e a companhia de energia MPX de R$ 233,2 milhões

Os problemas do empresário Eike Batista parece que estão longe do fim. Até a noite desta quarta-feira, três empresas do Grupo EBX apresentaram seus resultados trimestrais e não agradaram: nenhuma registrou lucro. Somados os negócios, a perda ultrapassa os 5 bilhões de reais.

A petroleira OGX amargou um prejuízo de 4,722 bilhões de reais no segundo trimestre, ampliando as perdas de 398,6 milhões de reais apuradas em igual período do ano passado, conforme balanço divulgado pela companhia. Entre abril e junho, as receitas da OGX somaram 234,3 milhões de reais. Há 12 meses, a petroleira não registrou faturamento.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, imposto, amortização e depreciação) foi positiva em 45,580 milhões de reais no segundo trimestre, contra um Ebitda negativo de 110,017 de reais milhões em igual etapa de 2012.

Leia também:

Prejuízo da MPX Energia sobe 72,5% no 2º trimestre

Dívida faz OGX contratar consultoria da Blackstone, diz agência

A OGX reconheceu um impacto da variação cambial no segundo trimestre de 491 milhões de reais. No balanço, a companhia informou que o reflexo “se deve à exposição em títulos cambiais com vencimentos entre 2018 e 2022”.

A companhia explicou ainda que optou por não contratar instrumento financeiro de proteção para a exposição contábil, pois pretende liquidar a dívida em dólar com os recursos obtidos com a venda em moeda estrangeira do óleo produzido. “Dessa forma, a exposição cambial estaria protegida por um ‘hedge’ natural a ser gradativamente gerado quando da venda do óleo produzido”, disse a companhia, na apresentação dos resultados.

Construção naval – A empresa de construção naval OSX fechou o trimestre com prejuízo líquido de 149,1 milhões de reais no segundo trimestre, contra um resultado negativo de 5,1 milhões de reais em igual período do ano passado, de acordo com o balanço.

Em fase pré-operacional, a OSX ainda não tem receitas. Já o Ebitda ficou negativo em 100,1 milhões de reais no período, revertendo resultado positivo de 15,1 milhões de reais entre abril e junho de 2012.

A série de maus resultados divulgados esta semana foi inaugurada na terça-feira à noite pela companhia de energia MPX, que divulgou prejuízo de 233,2 milhões de reais no segundo trimestre, resultado 72,5% superior ao prejuízo registrado há um ano.

Leia ainda:

MMX informa perda de R$ 153,8 em ativos de usina em Corumbá

(com Estadão Conteúdo)