Veja Digital - Plano para Democracia: R$ 1,00/mês

Emprego na indústria tem leve alta mensal, mas cai 1,7% em 1 ano

Entre setembro e outubro, indicador apresentou crescimento de 0,1%, informa o IBGE

Por Da Redação 11 dez 2013, 08h29

O número de empregados no setor industrial brasileiro apresentou ligeira alta, de 0,1%, em outubro ante setembro, informou nesta quarta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Trata-se do primeiro resultado positivo após cinco quedas consecutivas. Já na comparação anual, porém, o indicador recuou 1,7% – este é o 25º resultado negativo consecutivo nesta base de comparação, e o mais intenso desde setembro do ano passado, quando a queda foi de 1,9%. No acumulado do ano até outubro, índice já acumula queda de 1% frente a 2012.

Leia mais:

Indústria do Ceará foi a que mais cresceu em outubro

Inovação perde fôlego na indústria brasileira

No acumulado do ano, entre as quatorze regiões avaliadas pelo IBGE, o Nordeste é a que apresenta o pior resultado: o emprego no setor industrial recuou 4,7% em relação a 2012. Em seguida vêm Rio Grande do Sul (-2,2%), São Paulo (-0,6%), Pernambuco (-7,1%) e Bahia (-5,7%). Já no aspecto positivo destaca-se Santa Catarina, com avanço de 1% no indicador.

Na semana passada, o IBGE divulgou alta de 0,6% na produção industrial em outubro ante setembro e de 0,9% frente ao mesmo mês de 2012. No acumulado do ano, o indicador subiu 1,6% e foi o principal motor do Produto Interno Bruto no terceiro trimestre.

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Informação de qualidade e confiável, a apenas um clique. Assine VEJA.

Plano para Democracia

- R$ 1 por mês.

- Acesso ao conteúdo digital completo até o fim das eleições.

- Conteúdos exclusivos de VEJA no site, com notícias 24h e acesso à edição digital da revista no app.

- Válido até 31/10/2022, sem renovação.

3 meses por R$ 3,00
( Pagamento Único )

Digital Completo



Acesso digital ilimitado aos conteúdos dos sites e apps da Veja e de todas publicações Abril: Veja, Veja SP, Veja Rio, Veja Saúde, Claudia, Placar, Superinteressante,
Quatro Rodas, Você SA e Você RH.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)