Clique e assine a partir de 9,90/mês

Emprego na indústria paulista tem pior queda mensal desde 2006

De acordo com dados da Fiesp, o nível de emprego no setor em São Paulo caiu 0,49% em agosto ante julho de 2011

Por Da Redação - 14 set 2011, 11h46

No cálculo sem o ajuste sazonal, o nível de emprego caiu 0,47% no mês passado, o que significou a redução de 13 mil postos de trabalho

O nível de emprego na indústria paulista caiu 0,49% em agosto ante julho, com ajuste sazonal, segundo dados divulgados nesta quarta-feira pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). É o pior resultado do emprego para meses de agosto desde 2006, quando tem início a série histórica. Em agosto de 2006, o emprego havia caído 0,15%.

No cálculo sem o ajuste sazonal, o nível de emprego caiu 0,47% no mês passado, o que significou a redução de 13 mil postos de trabalho. Esse desempenho também foi o pior resultado da série para meses de agosto desde 2006, quando o indicador havia recuado 0,10%. Já na comparação com agosto de 2010, o nível de emprego teve alta de 1,46%. De janeiro a agosto de 2011, o emprego na indústria tem alta de 4,13%.

Dos 22 setores nos quais a Fiesp divide a indústria para realizar a pesquisa, dez demitiram, cinco contrataram e sete mantiveram seus quadros de pessoal. Entre os setores que mais dispensaram funcionários estão o de produtos alimentícios, com 7.751 demissões, seguido pelo segmento de couro e calçados, com perda de 2.699 vagas, e produtos têxteis, com redução de 2.042 funcionários.

Continua após a publicidade

(Com Agência Estado)

Publicidade